sábado, 6 de novembro de 2010

Entidades viram na esquerda?

Hoje vou falar de um tema que confunde os médiuns em geral, mesmo os mais experientes. .Há uma infinidade de dirigentes que afirmam que suas entidades “viram” quando o trabalho está pesado. Mas o processo que se dá nesses casos não é de “virada”.


Vou tentar ser o mais claro possível para eliminar de vez esse conceito antigo tão arraigado em nosso meio.

Normalmente essa ocorrência se dá com baianos e preto-velhos, pois são linhas com mais afinidade com as falanges de esquerda, o que não impede que ocorra com outros guias, mas quase sempre, os que se utilizam dessa prerrogativa, são eles.

Digamos que o terreiro receba uma carga muito forte de energia negativa durante a sessão. Ao perceber essa intrusão a entidade que está em terra, “vira na esquerda”, passando a falar e agir de modo diferente do habitual, sem, no entanto mudar de linha ou deixar de ser quem é.

Começa então a descarregar o acúmulo de vibrações negativas, diminuindo seu próprio campo vibratório positivo, aproximando-se assim do padrão mais apropriado para o momento.

Utilizando essa técnica consegue descarregar com relativa facilidade todas as faixas vibratórias atingidas, liberando os campos áuricos do terreiro e dos médiuns.

Isso quer dizer que a tão falada “virada” na realidade não se deu, foi apenas uma compensação de energias feita pela entidade em questão. Quando mudou sua própria vibração, assumiu a roupagem energética usada quando em missões de trabalho no campo astral esquerdo, uma de suas principais funções. Quem assiste esse tipo de atuação, acredita que a entidade transformou-se em exu, o que não ocorreu.

Caso o padrão vibracional se torne tão pesado que mesmo utilizando esse procedimento, as perturbações continuem, será chamado o exu da casa, porém isso fará com que o trabalho inteiro vire na esquerda, já que este ao chegar, passará a atuar dentro da faixa energética negativa de sua lei, atraindo inclusive seus amigos e ajudantes que o auxiliam nesses embates. Vários médiuns incorporarão e o descarrego passará a ser feito exclusivamente com entidades de vibrações mais densas.

Luiz Carlos Pereira

4 comentários:

Meru Sâmi disse...

Olá, irmão, saudações!

Venho agradecer e parabenizá-lo por essa postagem. Pois, eu mesma já senti muitas vezes isso ocorrer com meus Guias incorporados em mim, porém não sabia direito como isso ocorria. Muito proveitoso esse texto.

Aproveito e peço permissão para publicá-lo em meu blog MEDIUM, com os devodos créditos e link!
O link do meu blog , caso queira averiguá-lo antes de permitir, é esse:
http://mediumbanda.blogspot.com

Desde já agradeço.
Que Oxalá ilumine a nós todos!

LUIZ CARLOS PEREIRA disse...

Obrigado minha irmã pela belas palavras, Fico feliz em poder ter ajudado de alguma forma, Fique a vontade para publicar o texto em seu blog (que é muito bonito por sinal!)
Um abraço e axé!

Unknown disse...

Por favor tenho um baiano q chama João baiano se esse baiano vira pra esquerda ql seria o nome dele na esquerda?
Obrigado pela atenção Axé a tds

Almir Amaral disse...

Por favor tenho um baiano q chama João baiano se esse baiano vira pra esquerda ql seria o nome dele na esquerda?
Obrigado pela atenção Axé a tds