sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Terreiros fechados na Quaresma

Assunto já tratado neste Blog, mas a dúvida de muitos médiuns ainda permanece. Como estamos passando por esse período, convém relembrar.


A quaresma é o período de quarenta dias que antecedem à data máxima do Cristianismo, a ressurreição de Cristo. É um tempo de retiro espiritual onde os fiéis devem se recolher em oração e penitência. Isso dito fica claro que não há nela nada relacionado à Umbanda. Trata-se de um costume totalmente calcado no catolicismo. Então porque tantos terreiros fecham suas portas nesses dias?
Esse hábito vem diminuindo conforme vamos nos afastando do sincretismo religioso tão fortemente arraigado em nosso meio. Mas para muitos dirigentes, geralmente os mais antigos, é um crime abrir sessões nessa época. Aprenderam desde o inicio de suas vidas religiosas que todos os espíritos maus estão à solta e por isso um trabalho aberto seria como um imã para quiumbas e zombeteiros. Essa é uma versão católica demais para que levemos em conta dentro de nossos terreiros. Os irmãos que buscam ajuda em nossas casas não escolhem períodos determinados para solicitar auxilio. Respeito os antigos pais e mães no santo que seguem essa linha, mas discordo totalmente da falta de caridade prestada aos consulentes e às próprias entidades, que também buscam nossas casas à procura de evolução.
Somos umbandistas e temos que nortear nossas ações dentro das leis de Umbanda e não devemos jamais nos ater ao calendário litúrgico de outras religiões. Se há tantos espíritos perturbados soltos durante a quaresma, é justamente nela que precisamos trabalhar para auxilio deles e de quem mais nos procurar.

Minha casa não fecha. Sou umbandista e não católico!

Luiz Carlos Pereira

3 comentários:

@ "Aida d'Oxum" @ disse...

è verdade meu Irmão, tenho casa e não toco na quaresma, sempre descordei, mas temos Babá e mtas vezes temos q segui-los, concordo plenamente com vc,,,somos Umbandistas!
Parabéns pelo seu blog...é de mto fundamento!

Axé
Yalorixá Aida d'Oxum
Bagé
Rio Grande do Sul

LUIZ CARLOS PEREIRA disse...

Obrigado minha irmã! Por concordar e por gostar do meu blog. Seja sempre bem vinda! Um axé!

Rafael d`Ogum disse...

Concordo também, Como pararmos? Ou melhor, por que pararmos? Estamos aqui para ajudar, e para isso, não tem data e nem hora!

Cacique Rafael d`Ogum
Porto Alegre
Rio Grande do Sul