terça-feira, 6 de novembro de 2007

Prece de Exu


Sou EXU, Senhor. Pai, permite que assim te chame, pois, na realidade, Tu o és, como és meu criador. Formaste-me da poeira ástrica, mas como tudo que provém de Ti, sou real e eterno.Permite Senhor, que eu possa servir-Te nas mais humildes e desprezíveis tarefas criadas pelos teus humanos filhos. Os homens me tratam de anjo decaído, de povo traidor, de rei das trevas, de gênio do mal e de tudo o mais em que encontram palavras para exprimir o seu desprezo por mim; no entanto, nem suspeitam que nada mais sou do que o reflexo deles mesmos. Não reclamo, não me queixo porque esta é a Tua Vontade.Sou escorraçado, sou condenado a habitar as profundezas escuras da terra e trafegar pelas sendas tortuosas da provação.Sou invocado pela inconsciência dos homens a prejudicar o seu semelhante. Sou usado como instrumento para aniquilar aqueles que são odiados, movido pela covardia e maldade humanas sem contudo poder negar-me ou recorrer.Pelo pensamento dos inconscientes, sou arrastado à exercer a descrença, a confusão e a ignomínia, pois esta é a condição que Tu me impuseste. Não reclamo, Senhor, mas fico triste por ver os teus filhos que criaste à Tua imagem e semelhança, serem envolvidos pelo turbilhão de iniqüidades que eles mesmos criam e, eu, por Tua lei inflexível, delas tenho que participar.No entanto, Senhor, na minha infinita pequenez e miséria, como me sinto grande e feliz quando encontro nalgum coração, um oásis de amor e sou solicitado a ajudar na prestação de uma caridade.Aceito , sem queixumes, Senhor, a lei que, na Tua infinita sabedoria e justiça, me impuseste, a de executor das consciências, mas lamento e sofro mais porque os homens até hoje, não conseguiram compreender-me.Peço-Te, Oh, Pai infinito que lhes perdoe.Peço-Te, não por mim, pois sei que tenho que completar o ciclo da minha provação, mas por eles, os teus humanos filhos.Perdoa-os, e torna-os bons, porque somente através da bondade do seu coração, poderei sentir a vibração do Teu amor e a graça do Teu perdão.

Fleruty (Exu Tiriri) (Esta prece foi psicografada por A . J. Castro, da Cabana de Lázaro)

7 comentários:

I Can't Keep Up Out of Step With the World disse...

é a coisa mais linda que já li em toda a minha vida

FABRICIO BARROS disse...

OLA ME CHAMO FABRICIO
E EM REALIADEE EU DIGO
" EJILA SEGBORA OGUNDA,BABACOLE KE OCO CARAN TOTO OJE MEGI OCO"PARA AQUELES QUE CONHECEM AXE PARA AQUELES QUE ESTAO AFIM DE APRENDER CUIDADO....

QUE LUCIFER ESTEJEM COM VCS...

FABRICIO_WICCA@HOTMAIL.COM

Ouvindo as Vozes de Aruanda disse...

Esta mensagem não fala nada com nada e, nem de longe, transmite a verdadeira natureza de Exu.

Fellipe Andrei disse...

é a mais pura verdade...

Fellipe Andrei disse...

essa mensagem fala uma verdade que poucos estão preparados para aceitar...

rosa disse...

Bem gente,eu creio que há um Deus único e presente em nossas vidas,creio que tudo que há no mudo foi fruto de sua grande sabedoria,porém nós humanos encarnados somos infieis e invejosos,maliciosos,será que após a nossa passagem desse mundo para o outro plano ,mudaremos realmente o que somos,sentimentos e o que valemos?
Espiritos,endidades,Santos um dia foram seres humanos encarnados e por algum motivo,foram postos a prova pelo grande pai.Creio que o que somos e o que conhecemos,sentimos não muda após nossa passagem,exu existe,e já existiu fisicamente,odeio essa coisa,esse grilhão que tanta gente preconceituosa teima em falar que:Se um espirito fala no terreiro de umbanda é satanás,se alguém fala em linguas numa igreja é obra e prova divina.Creio eu que exu tem sentimentos,são seres grandiciosos, porém é necessario que eles existam pra que haja um equilibrio...exu sente,sente tanto que não sabe dizer um não a quem quer que seja,e como trabalham com bravura essas entidades.
Não sou umbandista,mas amo a umbanda,quanta beleza temos pra conhecer,quantas coisas não são conhecidas ou mostradas.Sim exu é severo,puni,castiga porém da mesma forma ele pode amar,simpatizar,passar a mão na cabeça de quem precisa de ajuda independente de ser do bem o pro mal.

Anônimo disse...

Laroiê, Saravá, Salve! Sempre! Malê, Malembe (Maleime, Maleme), Agô! Sempre! Axé, Axé, muito Axé!...